Decimo aniversario da Coopergore!

projetos

| 25 de Agosto de 2018 - by: Jornal Poços Consciente

Dez anos promovendo inclusão social, gerando renda e contribuindo com a recuperação e preservação do meio ambiente!


Empresas Ecologicamente Corretas

Uma longa história de sucessos trás o decimo aniversario da cooperativa de recolhimentos de óleo e gorduras residuais.
Tudo teve inicio em um projeto socioambiental na escola municipal Pacheco com o nome “Empório da Comunidade” que tinha o apoio de um Instituto e uma empresa privada local, Foram selecionados cinquenta famílias para participarem do projeto, e para que as família pudessem participar, os filho com idade escolar deveriam ter média de frequência na escola, e os pais teriam que terem participação e frequência nas reuniões e dinâmicas que traziam os temas sobre sustentabilidade.
A partir de então surgiram três oportunidades para desenvolvimento de projetos: Um projeto de artesanato, outro para culinária e outro para reciclagem, foi ai que as envolvidas escolheram o desenvolvimento do projeto de reciclagem, ao começar a desenvolver a proposta, foi diagnosticado que já havia uma cooperativa de materiais recicláveis na cidade, pensando na inviabilidade e não prosperidade do projeto por já haver uma cooperativa desenvolvendo o mesmo trabalho na cidade, os membros decidiram escolher recolher para fazer reciclagem o óleo de cozinha usado para fazer sabão, realizando a coleta de porta em porta nas casas adjacentes para a confecção de sabão artesanal, eram recolhidos no início cerca de 200 litros de óleo mês, porém ao buscarem a oficialização da formação de uma cooperativa de trabalho para a estruturação do projeto, descobriu-se que a fabricação do sabão a partir do óleo de cozinha usado era ecologicamente incorreto, e na cidade não havia zoneamento que permitisse a criação de uma cooperativa que confeccionasse sabão a partir do óleo de cozinha.
Ao participar de uma palestra sobre a destinação do óleo após o seu uso na cozinha, descobriu-se que após um tratamento, poderia ser feito biodiesel através do reaproveitando o óleo usado, apesar de parecer um processo complicado para a transformação, decidiu-se que poderiam começar a coletar o óleo e dar a destinação correta em busca de empresas que faria a transformação do óleo em biodiesel.
Após as inúmeras experiencias em busca da criação de um projeto para geração de trabalho e renda, exatamente no ano de 2008 nasce a cooperativa COOPERGORE. Formada pelo grupo de mulheres que se destacou no Projeto Empório da Comunidade , como cooperativa, passou a ser gerida por: Presidenta, diretora financeira, diretora administrativa, fiscal e serviços gerais, cada cooperada, ainda que ocupe um dos cargos administrativos, todas praticam a operação, dividindo as obrigações na realização de todos os trabalhos gerais necessários no processo de recolhimento, beneficiamento e venda do óleo coletado.
Beatriz explica que ainda no início quando na aplicação do projeto Empório da Comunidade que deu início a tudo, pelo horário que eram realizado as reuniões os pais não conseguiam participar na aplicação do projeto, onde o projeto foi frequentado pelas mães dos alunos e foi assim que se juntou o grupo de mulheres que se fortaleceram ao longo do tempo até a formação da cooperativa.
Ao iniciar os trabalhos, as cooperadas começaram a coletar o óleo porta a porta em seus próprios veículos. Trabalhando já a coleta, deram início também nos trabalhos em buscas por parcerias junto a iniciativa privada para o crescimento da proposta de inclusão social, geração de renda, recuperação e preservação ambiental através da destinação ecologicamente correta do óleo de cozinha usado e gorduras residuais.
Com o investimento em capacitação de suas cooperadas, vieram então as primeiras parcerias com empresas privadas locais que doaram os vasilhames e EPIs para a realização dos trabalhos, outra empresa local fez a doação de um carro, a partir destas doações foi potencializado os trabalhos e consequentemente foram aumentando gradativamente a coleta do óleo, com o aumento na coleta, o espaço que a principio era usado na casa de uma cooperada ficou pequeno, foi ai que buscaram a parceria com os órgãos públicos, onde estes concederam o pagamento do aluguel de um barracão para a instalação da cooperativa, foi a partir de então que instalou-se a primeira sede da cooperativa independente, não tendo mais a necessidade de usar locais inapropriados, foi a partir dai que se fortaleceu a proposta de coletar o óleo para transformação em biodiesel.
Neste momento também conseguiram uma parceria com duas empresas privadas que fizeram uma doação financeira para o projeto durante um ano, vencidos o ano de patrocínio entenderam que já era hora de andar com as próprias pernas e gerar de seus trabalhos e esforços, os próprios recursos.
A partir de então o grupo seguiu oferecendo palestras em escolas, blitz educativas, divulgação através de folders, assim começou a informar para a população sobre o trabalho a ser desenvolvido com a criação da cooperativa para a coleta e destinação ecologicamente correta do óleo e gorduras residuais.
Com a aplicação em projetos de incentivos socioambientais promovido por uma empresa local, ao apresentar o projeto, conseguiram recursos para aquisição do segundo carro e outro equipamentos, para potencializar a coleta que hoje e realizada em toda cidade. Neste momento veio a necessidade de crescimento da estrutura física, onde com a parceria já formada com os órgãos públicos a cooperativa passou a operar em um segundo barracão, junto com a infraestrutura de equipamentos existente, torno sua instalação atual com capacidade para armazenamento de 25 (vinte e cinco mil) litros de óleo, proporcionando com o armazenamento maior possibilidade de agregação de valor na venda do produto final. Com a infraestrutura atual em funcionamento o grupo coleta hoje 18 (dezoito mil) litros de óleo mensal, com os trabalhos realizados, o potencial de geração de renda vem se fortalecendo, proporcionando uma renda justa para as cooperadas que atuam na operação da cooperativa.
Com o número excepcional de 1.070.093 (Um milhão setenta mil e noventa e três litros) coletados ate aqui; a COOPERGORE vem dando sua contribuição significativa para a recuperação e preservação do meio ambiente.
Cooperativa de trabalho dos profissionais em Coleta, Processamento, Comercialização de Óleos e Gorduras Residuais, Materiais Recicláveis e Reutilizáveis, Conservação Predial, Paisagismo, Jardinagem, Artesanato e Fabricação de Saponáceo em Barra - COOPERGORE
CNPJ – 100.999.776/0001-10
Rua Treze de Maio, 85 – Jardim América
Fone: (35) 3714-3230 – Celular (35) 98862-6665

Galeria

Comunidade Ecologicamente Correta

Comentários