Antes e depois da Lei da Gestão de Resíduos Sólidos

coleta seletiva

| 06 de Abril de 2021 - by: Flávia Couto

Você sabia? Um indivíduo pode produzir até 1 quilo de lixo por dia. E você? Faz o quê com ele?


Empresas Ecologicamente Corretas

Até pouco tempo atrás qualquer tipo de resíduo era motivo para descarte sem preocupação ou reaproveitamento esse conceito vem mudando e a conscientização da sociedade é cada vez maior.
Até pouco tempo atrás não existia uma Lei específica aqui no Brasil e o lixo se reproduzia a medida que a população se multiplicava hoje já passamos de 211 milhões de habitantes no país e o lixo também acompanhou esse crescimento o que não seguiu no mesmo ritmo foi a implantação de local adequado para o descartes do resíduos e políticas públicas que definisse a maneira correta de tratar o problema, os lixões abertos contribuíram para a contaminação do solo, do ar, da água, causando proliferação de doenças e catadores que se misturam de maneira perigosa com o lixo.
A partir de 2010 foi sancionada a Lei nº 12.305 e com o Plano Nacional de Política Pública de Gestão de Resíduos Sólidos as autoridades começaram a prestar mais atenção. Algumas resoluções do Conselho Nacional do Meio Ambiente também trazem medidas para diminuir o impacto causado pelo lixo. Essa Lei proíbe de ser jogado no aterro resíduos de acordo como ele é coletado na residência a Lei permite que seja depositado no aterro sanitário somente rejeitos ESSA A PRIORIADE DA LEI.
Na verdade, o “lixão” é proibido no Brasil desde 1.981 pela Lei de preservação do Meio Ambiente, mais tarde em 1.989 com a Lei de Crime Ambiental ele foi tipificado como crime com multa para quem poluir através de aterro sanitário.
O RESÍDUO PRECISA SER RECICLADO, precisa ser segregado para ter um aproveitamento na indústria. O aterro sanitário tem vida útil, ou seja, quanto mais resíduos depositamos menos tempo de vida. A coleta seletiva tem essa função de recolher e encaminhar para o local correto, conhecida como LOGÍSTICA REVERSA.
Atualmente cerca 3.344 municípios despejam o lixo em céu aberto são mais de 78 mil toneladas de lixo por dia indo para o lugar errado. Precisamos colocar o Brasil na onda da Sustentabilidade que toma conta o mundo inteiro e para isso é necessário que cada um de nós façamos a nossa parte.

A legislação traz essa obrigatoriedade também em vários setores da indústria. A não apresentação dele pode se caracterizar como crime ambiental, de acordo com a Política Nacional dos Resíduos Sólidos.
As empresas nessa situação podem sofrer penalidades administrativas, como por exemplo, suspensão parcial ou total das atividades perda da licença, incentivos fiscais, contratar com serviço público, além de advertência e multas.


Comunidade Ecologicamente Correta

Comentários